Marketplace: o que é, como funciona e como vender

Tempo de leitura: 6 minutos

Se você já comprou ou vendeu na internet, é possível que já tenha ouvido falar – ou até mesmo utilizado – um marketplace. 

Mas, mesmo entre os usuários mais assíduos deste recurso, a dúvida pode surgir: “afinal, marketplace o que é?” 

Atualmente, algumas das maiores marcas do mercado participam do segmento de marketplace e, por isso, saber do que se trata o fenômeno e poder usá-lo ao favor da sua empresa é essencial. 

Os marketplaces foram responsáveis por 78% do faturamento de todas as vendas on-line em 2020, de acordo com o levantamento Webshoppers, da Ebit. 

Está mais do que na hora da sua empresa começar a colher também os frutos deste lucrativo mercado, não é mesmo? 

Neste artigo, explicaremos tudo sobre marketplace: o que é, como surgiu e, mais importante, como funciona. Vamos aprender mais sobre o assunto agora! 

Marketplace: o que é?

O marketplace é caracterizado por um espaço de vendas on-line onde mais de uma loja oferece seus produtos ao mesmo tempo. 

Usualmente, este espaço é promovido por grandes varejistas digitais, que já contam com a estrutura pronta e a disponibilizam para parceiros menores, em troca de uma porcentagem das vendas. 

Na prática, este é um modelo que beneficia os vendedores grandes e pequenos, mas a maior vantagem quem ganha são os consumidores, que têm acesso ao mesmo produto por uma maior variedade de preços e em uma plataforma confiável. 

Este modelo de negócios surgiu em 2012 no Brasil e, desde então, se estabeleceu como um dos métodos preferidos entre os consumidores para compras on-line. 

Leia também: Como abrir uma loja on-line: guia completo com 11 dicas

Marketplace é o mesmo que e-commerce?

Não, existem importantes diferenças entre o marketplace e o e-commerce. 

Para começar, o e-commerce é uma plataforma exclusiva para sua marca, onde os visitantes têm acesso apenas aos produtos vendidos pela sua empresa. Enquanto isso, no marketplace, a sua empresa divide o espaço com outros negócios, competindo pela atenção dos clientes. 

De certa maneira, o marketplace pode ser comparado com uma vitrine de um shopping center, onde diversas lojas mostram o que têm a oferecer, usufruindo de uma estrutura maior, que atrai mais visitantes e clientes. 

Entenda como funciona um marketplace

O marketplace nada mais é do que um espaço para que empresas menores possam comercializar os seus produtos em sites de grandes varejistas. 

Este é um mercado muito vantajoso e, apenas em 2020, cresceu 47%, mesmo com a baixa histórica em todos os outros setores. Estes números são do relatório Webshoppers

De muitas maneiras, um marketplace pode ser comparado com uma vitrine on-line, onde empresas podem usufruir de um espaço para divulgar e vender pela internet sem ter que investir na estrutura de uma loja física. 

Usualmente, detalhes logísticos, como a entrega e o cadastro de clientes é gerenciada pela varejista que está oferecendo o espaço. Algumas das empresas mais bem-sucedidas no ramo dos Marketplaces são o Mercado Livre, a Amazon, a Americanas, dentre outras.

Você também pode gostar de: Como fidelizar clientes e vender o ano todo? Confira 5 dicas! 

Como vender em um marketplace

Como vender em um marketplace?

Para vender em marketplaces basta escolher a plataforma de sua preferência, ou quantas plataformas desejar. 

Então, você precisa fazer a integração com as empresas escolhidas e, claro, pagar as taxas devidas pelo uso do espaço. 

Após este passo, é importante que você comunique aos seus clientes que a sua loja também está presente nestes espaços.

Pronto! Você estará pronto para fazer as suas primeiras vendas no marketplace. Este é um modelo rápido e descomplicado para se vender on-line. 

Quais são as vantagens de vender em um marketplace?

Agora que você já conhece o marketplace, o que é e como funciona, que tal entender também algumas das vantagens deste modelo? 

Os marketplaces são bons modelos de negócio para empresas que já vendem, seja no on-line ou no físico, e querem expandir os seus negócios e alcançar uma nova leva de clientes. 

Este espaço aumenta a visibilidade da loja e, claro, isso também se traduz em mais vendas. O marketplace também é um modelo bastante escalável, já que não demanda um valor maior de investimento, mesmo quando as vendas aumentam. 

Em resumo, algumas das vantagens de se vender em um marketplace são: 

  • Mais visibilidade para o seu negócio;
  • Baixo valor de investimento inicial;
  • Crescimento das vendas
  • Alcance de novos clientes;
  • Bom posicionamento de marca, uma vez que os sites de marketplace contam com muita credibilidade.

Leia também: O que é preciso para abrir uma loja on-line? Descubra 5 dicas 

Mas, será que existem desvantagens?

Como todo modelo de negócio, o marketplace também conta com algumas desvantagens. A maior delas é a dependência. 

Digamos, por exemplo, que a varejista que oferece o espaço de vendas venha a encerrar as suas atividades. Isso quer dizer que a sua empresa acaba de perder um canal de vendas muito lucrativo. 

Além disso, o canal de vendas pelo marketplace não é gratuito. Cada transação sofre com descontos de taxas, que são retidas pelas empresas que gerenciam a plataforma. 

Por último, mas não menos importante, o marketplace também pode ser um fator preocupante para marcas que desejam trabalhar o seu reconhecimento entre o público. 

Muitos consumidores que utilizam o marketplace podem concluir as suas compras e nem perceber que, na verdade, estão comprando em um marketplace. A compra na sua loja pode ser creditada, na mente dos clientes, à varejista que gerencia a plataforma! 

Então, como saber se vale a pena investir em um marketplace?

Um marketplace pode ser uma ótima opção para empresas que precisam aumentar o seu volume de vendas, mas não têm o capital de investimento necessário para montar o seu próprio site.

Ou, ainda, este modelo pode ser usado por empresas que desejam uma maneira rápida e eficiente de conseguir novos clientes. 

De qualquer forma, é importante analisar os objetivos do seu negócio em curto prazo para decidir se este é, ou não, o modelo ideal para seu empreendimento. 

Se você quiser saber como ter uma plataforma de e-commerce só sua, sem precisar gastar muito, saiba que a RP Commerce pode ajudar com isso. 

Nós já ajudamos centenas de empresas a digitalizar os seus empreendimentos, fazer vendas on-line e conquistar o mundo do varejo virtual.

Descubra como a Loja Virtual RP também pode ajudar o seu negócio!

Vale a pena investir em marketplace

Conclusão

Neste artigo falamos sobre marketplace, o que é este modelo de negócio, como ele ajuda empreendimentos e também como ele pode afetar a imagem da sua empresa no mercado.

Esperamos que as informações contidas aqui possam te ajudar a decidir se um marketplace é, ou não, um modelo de negócio estratégico para os objetivos do seu empreendimento. 

Se você quer aprender mais sobre lojas virtuais, visite o blog da RP Commerce

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *